Skip to content

Orvieto, cidade italiana que inspirou texto de Freud

2 de fevereiro de 2013

No texto “O esquecimento dos nomes próprios de 1901”, Freud faz referência a um fato acontecido com ele, em um trem. Segundo Freud, ao perguntar a seu companheiro de viagem se ele já tinha ido a Orvieto e visto os afrescos de….“o nome que tentei lembrar em vão no exemplo escolhido para análise em 1898, foi o do artista que pintou os magníficos afrescos das “Quatro últimas coisas” (a morte, o juízo, o inferno e o céu), na catedral de Orvieto,em vez do nome que eu procurava-Signorelli- impunha-se a mim os nomes de dois outros pintores Botticelli e Botraffio.

Quando li o texto de Freud, a pergunta sobre conhecer Orvieto ficou na minha cabeça e esta cidade situada na região da Úmbria na Itália entrou na minha lista de cidades que eu me esforçaria para conhecer. E hoje posso dizer que conheci Orvieto, os lindos afrescos de Luca Signorelli e tantos outros encantos que esta cidade coleciona.

A cidade de Orvieto foi um florescente centro etrusco entre os séculos VII e III a.C, nos restos das necrópolis de Cannicella, do Crocifisso e do templo do Belvedere, o viajante pode ter conhecimento desta época. Na alta idade média a cidade foi objeto de conquistas e reconquistas dos godos e bizantinos, até tornar-se sede de contea sob o domínio dos longobardos. Nos séculos XI e XII a cidade se constitui e no ano de 1157 será reconhecida, pelo Papa Adriano IV. No século XIII são edificados os primeiros edifícios românicos, muito bem representados pelas igrejas, de S. Andrea, de S.Giovenale, como também pelo grandioso palazzo Del Popolo. Eis, que na virada do século XIII, chega o estilo gótico e nesta cidade deixa através do Duomo uma das maiores representações deste período na Itália. A cidade passou por diversas lutas civis, com o poder oscilando entre o pontifício e outros senhores, que só terminou em 1448 com a definitiva dedicação ao papa Nicolò V. Nas épocas sucessivas não ocorreram construções de grandes monumentos, mas a cidade foi agraciada com belas edificações e também com o Pozzo di San Patrizio( construído entre 1528 e 1537), com a proposta de trazer autonomia hídrica a cidade. Uma coisa importante que não comentei é que Orvieto foi edificada no topo de uma montanha, com esta localização não foi necessário construir uma muralha.

O que me levou a Orvieto foi o Duomo, vou falar um pouquinho mais dele. Pois é, caros amigos a construção do Duomo é cheia de fatos interessante, um deles é que no lançamento da obra o papa Nicolò com sua corte desceu na profunda escavação, sob os olhos das autoridades e dos senhores de todo o Estado. O papa estava verdadeiramente empenhado para conseguir o financiamento necessário para a realização da ambiciosa obra, cuja garantia foi dada por uma adequada política fiscal, recolhendo tributos e criando um organismo de gestão (A obra do Duomo).

O inicio da obra se deu em 1290, até hoje não se tem registro de quem foi a autoria do projeto, mas sabe-se que a partir de 1308 Lorenzo Maitani deu continuidade ao mesmo e é a quem se atribui a fachada e a parte terminal.É tida como uma das mais significativas criações da arquitetura gótica italiana,a fachada foi completada no séc XVI, tem a forma de um grandioso tripitico, de mármore policromado, esculturas e mosaicos. A rosácea central e o amplo e profundo portal mediano são obra de Andrea Orcagna,as quatro pilastras entre os portais são revestidas de relevos inspirados na sagrada escritura (história do antigo e novo testamento, vida de Cristo e juízo universal), obra  de Lorenzo Maitani e ajudantes, aos quais também se deve os símbolos em bronze dos evangelistas sobre as pilastras. Tem outros detalhes, tanto no exterior quanto no interior, mas me deterei na capella di S. Brizio, onde estão localizados os afrescos de Luca Signorelli, que levou o sensível Freud à cidade de Orvieto.

 Os afrescos foram iniciados pelo artista Beato Angelico (1477), com ajuda de  Benozzo Gozzoli e de outros, foram completados por Signorelli entre os anos de 1477 a 1504,com o tema Finimondo(fim do mundo).Luca Signorelli, nasceu em Cortona em 1445 e morreu também lá em 1523.Segundo Vasari em sua famosa obra de 1568 “A vida dos mais excelentes pintores, escultores e arquitetos”,  escreve que Luca Signorelli estudou com o mestre de Sansepolcro Piero della Francesca, fato não comprovado totalmente. Vasari escreve também que “Luca foi uma pessoa de ótimos costumes, sincero e amável com os amigos e de conversação doce e principalmente cortês com aqueles que se interessavam por sua obra, alem de ser fácil no ensinar aos seus discípulos”. Luca trabalhou na decoração da Capela Sistina em Roma, primeiro como ajudante de Perugino e depois como titular, a cena Testamento e morte de Moisés é atribuída a ele.  Em  Orvieto na Capela de San Brizio, Singnorelli  deixa definitivamente sua marca como magnífico pintor. O pintor Beato Angelico e ajudantes fizeram os profetas com Cristo Juiz no coros de santos em volta da capela.Signorelli fez nas lunetas da esquerda, a Predicação do Anticristo(os dois personagens em negro são retratos de Signorelli e do Beato Angélico).O Fim do mundo, a Ressureição da carne, o inferno, a Separação dos eleitos e dos reprovados, o Paraiso; Nos afrescos retratou poetas de Homero a Dante e também em uma parede se encontra a Deposição da Cruz.

                                                                             

   

   

 O Duomo de Orvieto e Capella di San Brizio estão abertos: novembro a fevereiro de 9:30 às 13:00 e de 14:00 às 17:00-março e outubro 9:30 às 18:00- abril a setembro 9:30 às 19:00- domingos e feriados novembro a fevereiro14:30 às 17:30-março, abril, maio e outubro de 13:00às 17:30-junho, julho, agosto e setembro 13:00 às 18:00. O Tel da bilheteria è 0763-343592, o e-mail é biglietteria@operadelduomo.it, custa 3,00 euros. Orvieto além de rica em história também é rica em artesanato em cerâmica, madeira e bordado, é uma cidade de bom vinho e rica em  gastronomia.   Facilmente se chega a Orvieto, que fica na parte sudeste da Umbria, faz divisa com a cidade, de Viterbo na região do Lazio e com Grosseto e Siena na região Toscana. Pode-se chegar a Orvieto de carro ou de trem, fica a 1 hora de Roma e 1:40 de Florença, a malha ferroviaáia que atende a cidade é Roma-Firenze-Milano, sugiro pesquisa no site www.orvietoviva.com.it .

Boa Viagem,

Roseli Cordeiro Pereira

Anúncios

From → Uncategorized

6 Comentários
  1. Rose,

    É tão bom ter você de novo no mundo dos blogs!

    Eu pude voltar à Itália, em que ainda não estive, pelo seu olhar. E, de quebra, ser a primeirona a comentar. 🙂

    Vou dar um pulo aí no final de semana posterior ao carnaval. Ainda que atrasadas, vamos botar nosso bloco na rua!

    Beijocas candangas

    • Ei Naroca querida, tenho acompanhado você com seus textos cheios de afeto e emoção,voltei a escrever inspirada no seu blog.
      Beijos amorosos Rose

  2. Helder permalink

    Roseli, saudades… de você e dos seus textos.

    Hoje, surpreendentemente na segunda-feira, vejo Freud e os chamados “novíssimos” do homem: a Morte, o Juízo, o Inferno e o Paraíso.
    O texto de Freud eu conhecia. E até me perguntava: o que Freud de fato esquecera? O nome próprio ou os destinos do homem?
    Seja do ponto de vista doutrinário ou o da sabedoria, falar das últimas coisas que nos ocorrerão é, de fato, objeto desconcertante e oculto pela memória em algum canto obscuro de nós mesmos – chamado inconsciente.
    É muito bom ler Freud contigo. Muito melhor com as obras de arte e seus belos diários de viagem…

    Beijos, minha querida.

    Helder.

    • Ei Helder,estes temas vão andando ao nosso lado a vida toda, e é verdadeiramente interessante como alguns artistas os retratam. Para mim Signorelli conseguiu ir além da nossa mais profunda imaginação.
      Beijos Roseli

  3. Eva Lavezzo permalink

    Oi Roseli,
    Eu adoro ler seus textos. Sempre viajo com eles. Adorei. bjão.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: